03 junho 2012

Incertezas


E mais uma vez vou insistir no amor. Vou fingir que alguém me ama a ponto de dizer eu te amo pra mim na frente de qualquer um.  Vou acreditar que sou capaz de mexer com o coração de alguém, e ainda vou sonhar que aquele olhar era mesmo pra mim. Vou buscar entender o porque do meu coração se " arrepiar " quando eu o vejo. Pretendo acreditar dessa vez que eu tenho chance de ter alguém só para mim. 


Não compreendo o que há de errado comigo. As vezes me acho perfeita, a ponto de alguém me querer e se importar comigo, mas eu acordo para a realidade e percebo que ninguém nesse mundo ainda não me disse eu te amo. 


Queria ser melhor, melhor a ponto de conquistar alguém simplesmente como eu sou, mas não sei se sou capaz. Apesar de tudo isso, vou continuar sendo eu mesma, acreditando ser bonita, interior quanto exteriormente. Sonhando com uma possível, impossível realidade.